COMO CONFIGURAR O ROTEADOR E MUDAR A SENHA DO WI-FI PELO IP 192.168.1.1


Olá! Você sabia que o IP 192.168.1.1 é o endereço mais utilizado do mundo para configuração de roteadores Wi-Fi e também aqui no Brasil?

Comumente confundido com outros IPs, como o caso do “IP” 192.168.o.1.1, esse é o principal protocolo de internet quando falamos sobre configurar roteadores wi-fi domésticos.

Hoje você aprenderá como realizar o login no seu roteador utilizando o endereço http://192.168.1.1, fazendo o procedimento da forma correta e mais simples possível.

publicidade

# – Antes de Iniciar, veja a Conexão dos Cabos

Primeiramente, verifique se os cabos entre o telefone, modem, roteador e computador (se for o caso), estão conectados corretamente como na imagem abaixo:

Imagem mostra o conjunto de conexões necessárias para acessar o endereço http://192.168.1.1 e configurar o roteador wifi

Feito isso, agora pode prosseguir para os 5 passos iniciais de configuração e mudança da senha do wifi.

#1 – Como saber o IP correto de Login?

Para saber o IP correto que seu computador ou notebook se conecta com seu roteador, faça o seguinte:

  • Clique com o segundo botão do mouse em cima do menu iniciar e procure a opção: Prompt de Comando (Admin);
Imagem mostra a opção Prompt de Comando Selecionada do menu iniciar do Windows quando clicado com o botão direito do mouse para ver o gateway padrão 192.168.1.1
  • Na tela preta do Prompt de Comando, digite: ipconfig e aperte enter, então você verá a tela abaixo:
Imagem mostra o gateway padrão 192.168.l.l em destaque
O IP de conexão com o roteador é: 192.168.1.1

Seu endereço para conexão com o roteador aparece no campo Gateway Padrão, o qual é 192.168.1.1


Veja também:

#2 – Acesse o Endereço 192.168.1.1

Agora abra seu navegador de internet no PC ou notebook, pode ser também no celular ou tablet.

Digite esse gateway padrão na barra de endereços como se fosse acessar um site, aperte enter e você será redirecionado para a tela de login do seu aparelho;

Imagem mostra o campo digitável do navegador de internet com o endereço 192.168.1.1 digitado
Digite e acesse o endereço acima no seu navegador

#3 – Acesse a área de Admin do Roteador WiFi

Após realizar o passo 2, você verá uma tela parecida com a imagem abaixo, onde pedirá duas informações para o acesso, usuário e senha:

Imagem mostra tela de login do roteador da Oi ZTE, acessado pelo endereço http://192.168.1.1
Tela de login do roteador oferecido pelo Oi, marca ZTE, acessado pelo endereço http://192.168.1.1

As duas informações de login para acesso estão num adesivo na parte de trás do seu roteador, caso não encontre lá, consulte nossa lista com os logins padrão em nossa página inicial.

#4 – Dados de Login Padrão para o IP 192.168.1.1

MAIS UTILIZADO

Endereço IP 192.168.1.1
Usuário: admin
Senha admin
Endereço IP 192.168.1.1
Usuário: admin
Senha: password
Endereço IP 192.168.1.1
Usuário: admin
Senha: 1234
Endereço IP 192.168.1.1
Usuário: guest
Senha: guest
Endereço IP 192.168.1.1
Usuário: user
Senha: 1234

#5 – Faça a Configuração e Mudança de Senha pelo seu Celular, Veja

Uma dúvida normal é se esse IP pode ser aproveitado para configurar qualquer tipo de roteador e a resposta é não: é verdade que é difícil um equipamento que não tenha suas configurações feitas por esse protocolo de internet, mas existe.

Sendo assim, a primeira coisa para quem vai instalar um roteador wi-fi é conferir qual IP a sua fabricante usa.

#6 – Erro do “IP 192.168.o.1.1”

Como dito no início do tutorial, há uma grande confusão entre os usuários de roteadores que tentam realizar o login por meio do endereço 192.168.1.1 confundindo-o quase sempre com a variante 192.168.o.1.1.

Isso ocorre pela similaridade entre endereços IP e sua enorme variedade.

Por exemplo, a marca Intelbrás escolheu o IP Privado 10.0.0.1, já os roteadores da ZTE cedidos pela empresa Oi no plano Velox de Banda Larga realizam o acesso por meio do IP 192.168.1.1 normalmente.

Outro endereço que também é muito utilizado e o segundo mais confundido é o 192.168.0.1, que por sua vez tem variantes como 192.168.o.1 ou usando a variante com letra “o” maiúscula 192.168.O.1 como tentativas dos usuários.

192.168.o.1.1 e suas variações

Além disso, veja uma série de formas pelas quais alguns usuários realizam as buscas se utilizando da grafia errada:

Entre outras variações, também constam as que eliminam a letra “o”, mas ainda sim não correspondem ao IP correto, veja:

  • 19216811 (Aqui vemos a falta de pontuação adequada);
  • http 192.168 o 1.1 admin (Uso do http e partes da escrita do IP)
  • http: //192.168.1.1 (Uso de espaço após os dois pontos);
  • http://192.168.1.1 (Termo correto de uso, mas os usuários digitam isso no buscador google ao invés do navegador);
  • 192.168.1.1 mudar senha (Uso correto do ip, mas com o acréscimo “mudar senha”)
  • http//192.168.1.1 (Faltou os dois pontos após http)
  • http //192.168.1.1 (Falta dos dois pontos e espaço indevido após http)
  • 192.168.1 (Falta de parte do IP);
  • http://192.168.1.1/ (Uso correto com acréscimo da barra ao final, mas peca porque foi digitado no google e não no navegador);
  • 192.168.l.l (Uso de duas letras “L” ao invés de 1);
  • 192.168.ll (Uso de duas letras “l” juntas)
  • 192.168.1.1. (Uso de pontuação ao final do IP)
  • 192.168.1.1 senha (Uso da palavra “senha” não permite a conexão correta);
  • ip 192.168.1.1 (Uso de IP no início da grafia);
  • 192.168..1.1 (Uso de dois pontos seguidos após o 8);
  • 1921681.1 (Falta de ponto após o 2);
  • 192.168.01 (Troca do “0” por 1 e falta de ponto após o que deveria ser o número 1)

O QUE SIGNIFICA O ENDEREÇO IP 192.168.1.1 DO ROTEADOR?

Imagem mostra um notebook e as mãos de uma pessoa utilizando-o

Todo dispositivo, conectado a uma rede de computadores, e com acesso à internet, contém uma identificação numérica lógica, conhecida como IP – Protocolo da Internet.

Este IP funciona como um GPS, que identifica o dispositivo e o direciona para o sinal de internet.

Um exemplo de roteador que utiliza o endereço 192.168.1.1 é o Linksys, já o roteador FritzBox utiliza o IP 192.168.178.1.

Disso surgem algumas perguntas:

  • Por que o IP padrão é este?
  • Quais são os roteadores mais conhecidos a utilizar este IP?
  • Como fazer o login no 192.168.1.1?
  • Como saber o nome de usuário e senha padrão?
  • Como configurar o roteador WiFi utilizando de forma correta o 192.168.1.1?

Com o intuito de responder a todas essas questões, fizemos este breve artigo especialmente para você! Continue lendo e confira!

Por que o IP padrão é este?

Embora existam bilhões de endereços IPv4, alguns deles estão mais em evidência do que outros, justamente por conta da sua grande utilização, como é o caso do IP selecionado neste artigo.

Ele é um dos mais conhecidos por ser o IP padrão da maioria dos roteadores Linksys, que são os mais utilizados em ambientes domésticos e comerciais.

Vale destacar que nem todos os endereços IP podem ser acessados pela Internet Pública, e o IP deste artigo está entre eles.

Os IP privados, portanto, podem ser utilizados sem a aprovação de um registro nacional de internet, o que faz com que a implementação da internet para uso civil se torne mais comum.

É possível qualquer residência, comércio, instituição ou empresa implemente a internet em um ambiente, assim como conectar dispositivos à internet usando o Network Adress Translation (NAT).

Este método atribui um endereço público a um computador em uma rede privado, facilitando e viabilizando todo o processo da internet particular tal como conhecemos nos dias atuais.

Desse modo, os roteadores domésticos utilizam IP privados, sendo o 192.168.1.1 o mais utilizado como gateway padrão.

Isso permite que os usuários digitem este endereço no navegador web para que se tenha acesso ao painel em que é possível fazer alterar as configurações do roteador e administrá-lo.

Imagem mostra um roteador preto da marca D-Link de acesso pelo gateway padrão http://192.168.o 1.1

Explicaremos posteriormente como fazer esta administração e alterar as configurações do roteador e da rede.

Pode interessar:

Como fazer o login no 192.168.1.1?

Existem vários motivos que levam você a acessar um roteador utilizando o IP que estamos abordando durante este artigo.

Uma das possibilidades é que você tenha acabado de adquirir o roteador Linksys e necessite realizar o acesso do assistente de configuração do roteador para que ele possa funcionar sem maiores problemas.

Além disso, a utilização de aplicativos para gerenciamento de redes sem fios pode levá-lo a acessar o login do roteador, especialmente se você precisar mudar para um canal sem fio diferente.

Independentemente do motivo que o leve a querer acessar o login da Linksys utilizando o IP tema deste artigo, as etapas necessárias para realizar esta ação são sempre iguais

Na etapa 1, é necessário ligar o roteador e conectá-lo ao computador, utilizando um cabo Ethernet.

Vale destacar que em alguns casos, é possível conectar o roteador com o computador sem fio, mas os roteadores Linksys apresentam essa opção vetada por motivos de segurança.

Na etapa seguinte, é necessário abrir o navegador (Internet Explorer, Firefox, Google Chrome, etc.) e digitar o IP “ http://192.168.1.1” na barra de endereço.

Caso queira poupar o ato de pressionar a tecla, você digitar o conteúdo sem o trecho “http://”.

Imagem mostra um notebook com o site google aberto

Na etapa final, é necessário digitar a informação correta do usuário e senha do roteador.

Em alguns casos, o endereço a ser digitado muda de acordo com o fabricante, mas o endereço do acesso é disponibilizado na parte inferior do roteador.

publicidade

Veja também: Aero WhatsApp Atualizado 2020 (v8.36/v8.40)

Como saber o nome de usuário e senha padrão?

A grande maioria dos roteadores apresentam a senha e usuário para acesso na parte traseira ou inferior do aparelho. Contudo, estas informações podem estar apagadas, o que não deve levar a pânico.

Praticamente todos os roteadores utilizam “admin” usuário padrão para usuário e senha. Caso essa combinação não apresente resultados, você pode deixar o usuário em branco.

Outras combinações possíveis para usuário e senha do roteador são:

administrador / administrador, administrador / (none), root / root, root / (none), user / user, sitecom / admin, user / senha, admin / Michelangelo, admin / senha

Caso nenhuma destas combinações seja aceita, você pode entrar em contato com o seu provedor de internet, o fabricante do produto ou mesmo usar o bom e velho google.

O site dos fabricantes ou fórum de dúvidas costumam indicar grande parte das senhas e usuários da maioria dos roteadores, embora você raramente precisará disso se seguir as dicas levantadas anteriormente.

Alterei a senha em algum momento e não lembro, e agora?

É comum que a senha já tenha sido alterada em algum momento e a gente não se lembre dela. Nesses casos, é possível redefinir o roteador para as configurações padrão.

Após isso, é possível acessar o roteador por meio do usuário e senha padrão de fábrica. Para tal, é necessário que você pressione o botão Reset por 10 segundos.

Em alguns roteadores, esse botão é bem pequeno, o que pode fazer com que você necessite usar um instrumento, como um clipe, para poder pressioná-lo durante os 10 segundos.

Após isso, é necessário se certificar se o LED de energia do roteador esteja piscando simultaneamente ao aperto do botão de reset, pois isso indica que o procedimento está sendo feito de maneira correta.

A localização do botão de reset muda de acordo com o aparelho. Contudo, ele geralmente se encontra ao lado do conector de energia, na parte traseira do dispositivo.

Se você ficar em dúvida quanto a essa questão, pode se orientar a partir da caixa do roteador o u mesmo o seu manual de instruções.

A partir de então, você pode redefinir o roteador para as configurações de fábrica e usar o usuário e senha padrão de fábrica para fazer as alterações necessárias.

# Tutorial 2: Como configurar o roteador WiFi utilizando de forma correta o IP 192.168.1.1?

Imagem mostra um roteador asus com as portas principais de acesso

Para que o tema sobre a configuração do roteador WiFi se torne ainda mais claro, reunimos aqui um passo a passo mais simplificado ainda sobre o que é necessário fazer em cada uma das etapas.

Instale os cabos corretamente

Imagem mostra as mãos de uma pessoa instalando os cabos do roteador tp-link de acesso com o IP 192.168.1.1

O primeiro passo é fazer a instalação dos cabos corretamente. Embora possa parecer bobagem, muitos acabam errado nessa primeira etapa.

A instalação dos cabos costuma ser feita pelo técnico durante a instalação da internet, mas por um ou outro motivo, você poderá ter que refazer a instalação.

Geralmente, há indicações de onde deve ficar cada cabo no próprio dispositivo Roteador.

Conecte o cabo de internet

Imagem mostra uma pessoa realizando a conexão de internet via cabo para primeira configuração do roteador

O próximo passo é conectar os cabos inerentes ao processo. Conforme destacamos no tópico anterior, há indicações no próprio roteador que facilitam este processo.

Caso não os encontre, você pode recorrer a caixa do dispositivo ou mesmo ao manual de instruções.

Ligue o cabo de energia do seu modem e roteador

Outro passo muito simples, mas que acaba sendo omitido, é a verificação se o cabo de energia do modem e roteador está conectado na tomada.

Às vezes esquecemos de verificar esse pequeno detalhe e perdemos vários minutos achando que outro fator está impedindo o pleno funcionamento do roteador.

Verifique se os LEDs do aparelho estão ligados

Imagem mostra os leds acesos do roteador Tp-Link

Após conectar o cabo de energia do modem e roteador na tomada, você deve analisar se ele se encontra ligado verificando as luzes LEDS do aparelho.

De forma geral, eles apresentam uma série de luzes, com inscrições em cima de cada uma delas, indicando o que representa cada uma dessas luzes.

Quando a luz está ligada naquele ponto, significa que aquele sinal está ‘ok’.

Conecte seu dispositivo na sua rede WiFi

O próximo passo consiste em conectar o seu dispositivo (Notebook, PC, Celular ou tablet) na rede Wifi. Para conectá-los, é necessário abrir o WiFi do aparelho.

Em seguida, você deve clicar no nome do seu roteador. Neste momento, é necessário inserir a senha, que deve estar embaixo do seu roteador.

Abra o navegador e digite o endereço IP

Imagem mostra dados de login do roteador da tp-link

O próximo passo é abrir o navegador e digitar o endereço de IP corretamente.

Muita atenção ao digitar o IP, pois muitas vezes as pessoas acabam digitando o número de forma equivocada, o que impede a configuração do roteador WiFi.

Além disso, como no exemplo da imagem, o acesso ao roteador pode se dar por um outro endereço. Fique atento a este detalhe.

Imagem mostra um tela que solicita Usuário e Senha para entrar no painel principal do roteador

Troque o nome e a senha do seu endereço WiFi

Após o passo anterior, apareça uma janela em que é possível trocar o nome e a senha do WiFi.

Coloque uma senha segura, mas certifique-se de que você não a esquecerá, para que não tenha que repetir todo o processo apresentado em um curto espaço de tempo.

Imagem do painel de configuração do roteador tp-link acessado pelo endereço http://192.168.1.1

Também é possível mudar o nome da rede WiFi. Muitas vezes, quando ocorre a instalação, o nome da rede acaba se tornando um nome genérico.

Para mudá-la e transformá-la em algo mais pessoal para a família ou empresa, é necessário visitar a aba ‘wireless’, que aparece após você digitar o IP do roteador no navegador do dispositivo.

Sendo assim, compreender o que é o endereço IP 192.168.1.1, quais são os roteadores que o utilizam, como configurá-lo, entre outras questões, é fundamental para que você padronize uma rede mais segura para o ambiente, além de poder fazer ajustes em eventuais necessidades.

Ao longo do texto, respondemos a maioria das questões a respeito do tema.

Protocolo de Internet

Imagem com os dizeres: protocolo de internet 192.168.o.1.1 padrão

Para começar a configuração, o internauta só terá de abrir o seu navegador e adentrar o endereço de conexão http://192.168.1.1.

Depois, será preciso por um nome de usuário e uma senha, mas não são qualquer um: é a fabricante quem determina como logar-se.

Existem alguns lugares onde a fabricante envia esse login para o cliente, como na parte de baixo ou atrás do roteador, onde ela coloca uma etiqueta com a informações; além disso, a etiqueta pode vir também na caixa.

Mais um lugar onde os usuários de roteador wi-fi podem ver o login é no manual de instruções e, se não acharem em nenhum desses três ou tiverem dúvidas, é melhor que o atendimento ao cliente seja procurado.

Há logins padrão também, que as fabricantes liberam para que as pessoas acessem as configurações sem necessitar de nome de usuário ou senha diferentes.

A maioria das empresas coloca admin para os dois campos, mas algumas colocam o seu próprio nome como nome de usuário. De novo, vai ser preciso procurar as especificações da fabricante.

Imagem mostra a tela de autenticação (login) e configuração do roteador com o ip 192.168.l.l

Uma parte extensa das configurações dos roteadores wi-fi não é obrigatória. Porém, dentre as que os usuários têm de fazer, está a seleção do Mode: recomenda-se que se use PPPOE.

Quando o equipamento não tiver esse tipo de código, deve-se buscar algum que tenha as letras parecidas.

Seguramente, o nome da rede wi-fi também deverá ser escolhido. O importante é que o usuário não coloque um nome do qual ele não se lembre posteriormente: um termo ou uma frase curta já bastará para identificar aquela rede.

O mesmo é indicado com relação à senha: é claro que os internautas precisam colocar alguma senha que seja relativamente difícil de os demais descobrirem, mas é perigoso usar senhas que sejam complicadas demais porque elas podem ser esquecidas.

Pode ser útil:

Como se troca a senha utilizando o IP 192.168.1.1 nos demais modelos de roteadores?

A mudança da senha do wi-fi é realizada dentro do painel de configurações, geralmente na aba Wireless Settings:

  • O internauta realizará o login colocando o IP 192.168.1.1 no navegador;
  • Ele vai procurar a mesma aba na qual determinou o nome de usuário e a senha na sua primeira configuração;
  • Basta que ele escreva a nova senha e a salve.
Imagem mostra a Interface de configuração de um roteador de ip 192.168 1.1
(Fonte: Tech Tudo)

A senha mudada através do IP 192.168.1.1 pode dar erro?

Imagem diz: Problemas relacionados a senha (com o IP 192.168.o.1.1)

Pode parecer improvável, mas muitas pessoas realizam as modificações necessárias em seus roteadores e ao final do processo esquecem de salvar as alterações.

Logo, elas pensam que estão com uma nova configuração e senha, dai tentam conectar-se através da mesma, mas o roteador ainda está com a velha configuração rodando.

Fica o alerta e lembrete de que salvar cada alteração feita, tanto nas configurações quanto na senha, é de fundamental importância.

Se o usuário já salvou a senha, outro motivo para não poder navegar é que os seus dispositivos (tanto móveis quanto o próprio computador) ainda não reconheceram que a senha da rede foi mudada.

Para que eles reconheçam, é só o internauta ir às configurações de rede do dispositivo móvel, encontrar a antiga, pressionar o dedo e selecionar “esquecer rede”.

Em seguida, ele ativa de novo o wireless, localiza a rede e conecta-se, colocando a senha nova.

No computador, é mais comum que ele reconheça sozinho que há uma senha diferente.

Se ele não o fizer, a pessoa pode reiniciar esse computador com o roteador, desligando-os por dois minutos e religando novamente.

E ai, conseguiu configurar certinho seu roteador? Qualquer dúvida use o campo dos comentários!

publicidade
Avaliação
Rating: 5.00/5. From 1 vote.
Please wait...

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo Protegido!