Teve o auxílio emergencial negado? Saiba como contestar

como contestar auxilio emergencial

Desde que o Auxílio Emergencial do Governo Federal foi criado, já se cadastraram quase 50 milhões de brasileiros que dizem alegar se enquadrarem nos requisitos exigidos para receber.

Contudo, praticamente 1/3 do total de solicitações ainda não tiveram seus pedidos aprovados e até mesmo negados.

Há brasileiros que se enquadram perfeitamente nos critérios exigidos, mas que não tem suas solicitações aprovadas pelo aplicativo da caixa.

Caso o seu Auxílio Emergencial tenha sido negado, faça o seguinte:

Aprenda como contestar a Solicitação em Análise ou Reanálise

Caso você tenha seu pedido para o auxílio emergencial preso nessa situação de “em análise”, a melhor forma de resolver isso é entrar em contato pelo telefone 111.

O mesmo vale para uma reanálise. Essa á a forma que segundo um levantamento feito entre várias pessoas que solicitaram o benefício e tiveram esses problemas, foi resolvido.

http://19216801.club/governo-federal-disponibiliza-hoje-novo-lote-do-auxilio-emergencial/

E como resolvo se eu receber o status “Auxílio Emergencial Negado”?

Caso você tenha seu auxílio emergencial negado, você deve realizar o seguinte procedimento:

  • Tenha seus comprovantes em mãos, aqueles que asseguram que você se enquadra nos requisitos exigidos;
  • Tenha outros dados que também confirmem que você se enquadra nos requisitos exigidos pelo governo (como número do CadÚnico);
  • Munido desses documentos, agora você pode ligar para o número 111 e realizar sua contestação.

Importante: A contestação do pedido de auxílio negado só pode ser feita uma vez, diferente das formas “em análise” e “Reanálise”.

Governo acrescentou mais R$ 28,7 bilhões para pagamento do auxílio emergencial

Nessa última terça, dia 26 de Maio, houve um acréscimo ao fundo destinado ao auxílio emergencial, um valor total de R$ 28,7 bilhões de reais, o montante é destinado a pagar as pessoas que ainda não receberam o dinheiro.

Após feito um levantamento de informações, foi verificado que a demanda para o recebimento da verba foi maior que o esperado, isso aumentou os custos do governo.

Mas quem pode receber o auxílio emergencial?

Segundo o Governo Federal, o auxílio será dado pelo período de três meses ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os requisitos abaixo:

  • ser maior de 18 anos;
  • esteja desempregado ou não tenha emprego formal;
  • a pessoa não pode ser titular de benefício assistencial ou previdenciário,
  • não pode estar recebendo seguro-desemprego;
  • não pode participar de programa de transferência de renda federal, exceto o bolsa-família;
  • a renda mensal por pessoa seja de até 1/2 salário mínimo;
  • renda familiar mensal total de até 3 salários mínimos;
  • a pessoa não pode ter recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio será cortado se a pessoa descumprir alguma dessas regras.

Como Solicitar o Auxílio Emergencial?

Para solicitar o auxílio emergencial de R$ 600 reais por 3 meses, faça o seguinte:

  1. Do seu celular ou computador, acesse o site auxilio.caixa.gov.br;
  2. Clique em “Realizar sua Solicitação”;
  3. Preencha os campos e envie.

Deixe um comentário

19 − dois =