iPad Pro 2021, saiba tudo sobre o novo tablet da Apple

Mais potente e equipado com telas de última geração. É assim que a Apple define o novo iPad Pro. O tablet, também conhecido como iPad Pro 2021 ou iPad Pro 5ª Geração, se destaca pelo processador M1, que é igual ao dos computadores da marca. Possui um mini display LED e uma conexão 5 G. 

Os modelos de 11 e 12,9 polegadas custam a partir de R$10.799 e R$14.799, respectivamente, enquanto o modelo mais completo custa R$30.000. 

O dispositivo também possui outros recursos, como uma câmera frontal com um palco central, que permite ao usuário manter o foco mesmo em movimento. O modelo está disponível em prata e cinza. No momento, não está claro quando a Apple começará a entregá-lo aos compradores brasileiros.

Tela e Design

A este respeito, os dois modelos de iPad mostrados diferem no tamanho da tela e na resolução.

A maior novidade é a tela Liquid Retina XDR que apareceu no iPad Pro de 12,9 polegadas, que é composta por mais de 10.000 mini LEDs com resolução de 2732 x 2048 pixels. Ele garante uma definição mais clara dos detalhes, pretos mais profundos e brilho forte. 

É ideal para visualizar e editar fotos e vídeos de alto contraste. Além disso, de acordo com a Apple, esse tablet tem uma relação de contraste de 1 milhão para 1, que pode capturar detalhes sutis e destaques do mundo real.

Por outro lado, o iPad Pro de 11 polegadas tem um display LED mais tradicional, Liquid Retina, com resolução de 2388 x 1668 pixels. Possui baixa refletividade e recursos avançados, como True Tone e ProMotion.

Quanto ao design, esses dois modelos apresentam semelhanças com o modelo anterior do iPad Pro 2020, embora a espessura de 12,9 polegadas seja um pouco mais grossa do que seu antecessor de 6,4 mm.

Câmera

Como o modelo 2020, a coleção de fotos traseira do iPad Pro é equipada com uma câmera tripla, dividida em 10 MP (f / 2.4) ultrawide, 12MP Main (f / 1.8) e sensor LiDAR, que pode ser usado como uma câmera modelo 2020.

Para melhorar a experiência de aplicações de realidade aumentada (AR). Embora não haja mudança, a presença do chip M1 pode melhorar o processamento da imagem.

A câmera frontal ultra grande angular de 12 MP (f / 2.4) adota a tecnologia True Depth e um novo palco central que reconhece e mantém uma ou mais pessoas no centro do quadro por meio de panorâmica e zoom. 

Os fabricantes esperam que esta tecnologia possa fornecer aos usuários uma nova experiência de chamadas de vídeo.

Desempenho e Capacidade de armazenamento

Um dos principais novos recursos da nova série iPad Pro é o chip M1, que foi introduzido pela primeira vez no iMac e deve melhorar várias funções, como câmeras, inteligência artificial e realidade aumentada. 

A Apple garante que o novo chip é 50% mais rápido do que o processador A12Z Bionic do iPad Pro 2020 e fornece desempenho gráfico 40% mais rápido.

O desempenho de armazenamento do novo iPad é melhor do que outros dispositivos da série. A empresa continua a usar RAM e armazenamento. Os modelos de 128 GB, 256 GB e 512 GB têm 8 GB. A variante com 1 TB ou 2 TB salta para 16 GB de RAM.

Bateria

A capacidade da bateria do novo iPad Pro ainda não é conhecida, mas a Apple disse que este tablet fornecerá até 10 horas de navegação em rede Wi-Fi ou visualização de vídeo. 

Para obter uma compreensão detalhada da vida útil da bateria, o dispositivo deve ser prático. De acordo com o fabricante, a mini tela de LED desse modelo de 12,9 polegadas tem maior consumo de energia, enquanto o tablet menor tem bateria de melhor tamanho.

Sistema Operacional

O novo gadget da Apple sai de fábrica rodando a versão 14.5 do sistema iPadOS, uma variante do iOS criada especialmente para as funcionalidades do dispositivo. 

A nova atualização traz funções intuitivas para o Apple Pencil, melhoria de apps e na realidade aumentada. Além de oferecer suporte para o Scribble (modo de escrita manual) em novos idiomas, incluindo o português.

Acompanhe nossas publicações, sempre com novidades e notícias interessantes sobre tecnologia.