iPhones do futuro poderão prever hora em que a bateria vai acabar

A gigante Apple dá indícios e mostra que os novos aparelhos iPhones serão capazes de antecipar e avisar quando os usuários ficarão sem bateria. O aparelho aprenderá mais sobre as rotinas do usuário, o horário em que o usuário costuma carregar o telefone, o horário mais usado, o local do dia e o local durante a viagem.

 Desta forma, ele poderá saber se a bateria conseguirá aguentar até o próximo carregamento programado e, caso contrário, avisar para o carregamento mais rápido possível.

O iPhone de hoje usa a tecnologia de notificar se a bateria está fraca e pode ser programada para entrar automaticamente no modo de baixa energia quando um determinado nível de bateria for atingido. Esta opção busca aprimorar a tecnologia para alertar os usuários e evitar imprevistos.

Informações da Apple

Segundo a Apple, se um usuário costuma carregar um smartphone à noite, e não o faz, ele receberá uma indicação de“ pouca bateria ” antes de fazer alguma atividade, deixando-o avisado que a bateria está baixa. 

O que proporciona maior controle de bateria, deixando o usuário ciente do tempo que ainda pode contar com o seu aparelho, permitindo que carregue o aparelho no momento certo.

Para melhorar esta função, o sistema entenderá o tempo normal de carregamento do dispositivo e determinará se possui carga suficiente. 

Portanto, se houver pouca bateria e estiver fraca, o usuário receberá uma notificação informando a hora de conectar o telefone na tomada em vez de receber um aviso.

Por exemplo, a carga é feita às 22h e, quando chega nesse horário, o celular ainda tem um tanto de bateria restante, ele não receberá a notificação.

 No entanto, se o sistema determinar que a bateria está acabando e não aguenta até o próximo tempo de carregamento programado, é recomendável conectar o dispositivo a uma tomada elétrica mesmo se a carga da bateria for superior à determinada para receber a notificação de “bateria fraca”.

Novo sistema de Rastreamento de dados

Para conseguir manter esta atividade no sistema e aprender as rotinas do usuário, serão usados ​​sensores que podem indicar a localização, a hora do dia, se o dispositivo está conectado a um carregador e se o sistema do computador está em movimento.

 O Apple Watch também pode ser usado para determinar se o proprietário está em casa ou no trabalho. Deixando o usuário com possibilidades de saber se o aparelho ainda possui ou não bateria o suficiente para realizar alguma tarefa ou se necessita de carga naquele momento. 

No entanto, considerando questões de privacidade, a patente descreve que o local pode ser mantido anônimo. Sendo assim ainda é necessário muitos testes e modificações no aparelho e sistema operacional devido o alto grau de complexidade que esta função irá trazer para o sistema já existente. 

Informações adicionais

Como sempre, não há garantia de que a tecnologia descrita na patente irá ser colocada em prática, ou se ficará apenas nos esboços da área de desenvolvimento e melhoria. No entanto, não há elementos específicos para imaginar os próximos passos  da Apple. 

O que faz com que os proprietários de aparelhos iOS tenham que esperar novas informações. Acompanhe nossas notícias e fique por dentro do mundo digital, tudo que acontece nos bastidores da tecnologia diariamente. Siga nossa página e fique por dentro de tudo.